Quer aprender a vender mais?
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
FECHAR

O Caminho das Pedras


Post de Claudio Diogo em 8/01/13 | Comenários: 0

Por Claudio DiogoArtigos(2)

 

Todo início do ano é muito comum encontrarmos um número incrível de pessoas levando a ferro e fogo suas promessas de fim de ano. Porém, infelizmente, para boa parte delas, é como se corressem atrás de algo que não sabem bem o que é, algo que em poucos meses não fará mais sentido…

Há alguns anos, realizamos aqui na Tekoare uma pesquisa sobre as promessas de começo de ano em equipes de vendas de várias lojas no Brasil. As promessas foram as mais variadas, como fazer mais exercícios, emagrecer, parar de fumar e fazer uma grande viagem.

No início, mais da metade delas disse que estavam confiantes, mas ao final do semestre descobrimos que apenas 10% conseguiu cumprir as promessas feitas no fim do ano anterior.

A promessa mais difícil de ser cumprida foi parar de fumar – apenas 20% dos que tinham prometido parar de fumar de fato se tornaram ex-fumantes; e a mais cumprida foi a de “aproveitar melhor a vida” – alcançada por 38% das pessoas entrevistadas.

Claro! A promessa mais simples e de menor resultado prático foi a mais fácil de cumprir…

Fomos um pouco a fundo e descobrimos que a maioria falhou em três pontos:

* Não conheciam a si mesmas;

* Não colocaram em prática seus planos;

* Ficaram próximas de pessoas que cultuavam o fracasso.

Depois de conhecer os motivos de tanto insucesso, fiquei extremamente curioso em saber qual o segredo das pessoas que conseguiram cumprir suas metas.

Imaginei o alto grau de complexidade dos planos e estratégias utilizados e me surpreendi com a simplicidade das atitudes das vencedoras. Elas me contaram que para atingir as metas propostas são necessários quatro simples e corajosos passos:

Saiba qual é o propósito da sua vida, descubra o que você veio fazer aqui;

Estabeleça uma nova e desafiadora meta que valha a pena se batalhar para alcançar; 

Descreva-a claramente no papel e marque uma data para começar e para terminar a sua execução;

Administre seu tempo com uma agenda e meça seu crescimento no final de tudo.

Aprendi, de forma simples e surpreendente, que as pedras do caminho podem ser “o caminho das pedras”. A diferença está na forma de usá-las.

E aí, seu 2013 vai ser de pedras no caminho ou do caminho das pedras? Persevere nos seus objetivos e tenha um ano incrível.

Abraços e até semana que vem,

Claudio Diogo.

Veja também:





0 comentários em "O Caminho das Pedras"

Deixe seu comentário!

Comentar